Confesso que queria

white_wolf_warrior_by_manu34-d6dvn7l - Cópia

Eu nem bati na porta e ele já abriu e me puxou pra dentro. Estava que não se aguentava em pé, de tanto que tinha bebido. Estava mesmo que um bicho com fome. Tentava arrancar minha blusa, desabotoar minha calça. Confesso que queria ficar ali, tava com saudade dele, meu coração pulou de alegria quando recebi o recado; só que, quando ele começou com aquilo, minha reação foi correr assustada. No dia seguinte fiquei me odiando, me achando uma tonta(…)

Dênisson Padilha Filho. Feito uma tonta. In, O herói está de folga (Kalango,2014, contos).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s