Nunca serão leões

nova-imagem-1

 

As ruas repletas de tanques de guerra, jipes, soldados. Tomavam tudo, vigiavam as esquinas, reviravam os desejos das pessoas com rispidez, apertando-as contra o muro.

Acordei assustado, suava como se tivesse acabado de correr. Liguei a tevê. Pela transmissão, vi que estavam no bairro, entraram em minha rua. Não eram tanques, nem jipes com seus pelotões, mas ratos, ratos enormes, todos de terno da cor da tristeza. Vinham perfilados em várias linhas, fingindo ordem. Progrediam em marcha, subiam minha rua cantando o Hino. Mostravam os dentes em rede nacional.

Desliguei a tevê apavorado. Agora não precisava mais dela porque os ratos guinchavam alto, podia ouvi-los tomando o bairro inteiro, o país. Tentavam guinchar mais alto ainda, de modo a nos convencer de que não guinchavam como ratos, mas, sim, rugiam. Ignoravam que ratos não são leões – nunca serão leões.

Existem pesadelos que só depois que acabam nos despertam uma vontade louca de voltar a eles; porque são apenas pesadelos, experiências lúdicas, projeções indiscriminadas de medos ou vontades. Naquele dia foi assim. A marcha grave dos ratos aumentava nas ruas, guinchavam alto, sacudiam os bracinhos. Tentei dormir de volta, me reconciliar com os pelotões fictícios, mas não consegui.

Os ratos agora tomaram o prédio, relutei fechando os olhos tentando dormir de novo, mas já era tarde, os ratos tomaram tudo; mesmo não sendo leões conseguiram tomar tudo, eram muitos, todos querendo roer nossas flores e sorrisos.

(Dênisson Padilha Filho. Nunca serão leões. Em Decálogo dos sonhos, livro inédito).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s