Agora uma névoa…

MOLINA_COOGAN_ROUND

– Por que está debochando, acha que é dono das besteiras que eu faço? Quem pensa que é? A madeireira tá se encontrando.

– Quem eu penso que sou… digamos que eu sou o sócio que seu velho deixou e que estou tentando salvar toda essa merda.

– Francamente, L, você se acha. Nunca conheci uma figura como você.

– Isso é um elogio?

– É estranho; pra cima de mim com todo esse tom, mas é ao mesmo tempo um beato fervoroso e um predador a mão armada. Você é realmente uma figura.

– Sinceramente? Precisa aprender uma coisa: santos e assassinos são homens da mesma raça.

L esmagou seu cigarro de marca estranha com o salto da bota e saiu. Agora uma névoa estatelava o quartinho-escritório e lá fiquei mais um pouco; eu e o couro de jaguatirica na parede. Qual dos dois estaria mais morto?

Dênisson Padilha Filho. Em Eram olhos enfeitados de Sol (Editora Penalux, 2017, novela).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s