Essa porra de lugar…

NADA DE ESPECIAL_ROUND

Ali todos vivem como zumbis, tentando se salvar até o dia seguinte, mitigar uma dor atávica que já nem sentem mais. Não há nada de especial nessa minha gente, ela apenas suporta de mansinho esse banimento, como eu, como você; e o que Vega queria era me chamar pra vida. Sim, porque eu estava atolado num vilarejo nada sensual (essa porra de lugar não é a maquete do mundo?), cercado de olhos mortos e ela me surgiu, a encarnação de um sonho, me chamando pra dançar no fogo.

Dênisson Padilha Filho. Em Eram olhos enfeitados de Sol (Editora Penalux, 2017, novela).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s