Lançamento na UNEB de Jacobina

Como podem visitas ao passado, paixões, assuntos mal resolvidos, memória e traumas gerar dimensão narrativa e reconstrução da palavra? Sendo trauma o mesmo que ferida, o que dá literatura: as feridas ou as cicatrizes?  Esses e outros assuntos do fazer criativo literário serão abordados nessa mesa, durante o XXI EBEL pelos escritores Gustavo Rios e Dênisson Padilha Filho, que, na ocasião fazem … Mais Lançamento na UNEB de Jacobina

Nem o balbucio atropelado entre seus lábios

Minha tia, mirrada na cadeira da enfermaria, agora sumia entre as contas do terço; eu sentia a beatitude do seu olhar me queimando a pele, bruxaria legitimada. Amo você, tia, mas nem o balbucio atropelado entre seus lábios murchos pode me salvar. Isso, no máximo, a mantém ocupada, mas não modifica as coisas. É interessante … Mais Nem o balbucio atropelado entre seus lábios

O real e sua contraface delirante em ‘Eram olhos enfeitados de sol’, de Dênisson Padilha Filho |Resenha de Alexandra Vieira de Almeida

Alexandra Vieira de Almeida, escritora e Doutora em Literatura Comparada (UERJ), escreveu sobre a novela Eram olhos enfeitados de sol (Penalux, 2017) uma resenha que foi publicada no portal Livre Opinião. Temos nessa narrativa magistral de Dênisson Padilha Filho a mistura entre o realístico e o poético. Temos também pequenos delírios e digressões em meio ao … Mais O real e sua contraface delirante em ‘Eram olhos enfeitados de sol’, de Dênisson Padilha Filho |Resenha de Alexandra Vieira de Almeida

Táxi, de Victor Mascarenhas | Coluna CONTO AFORA, edição especial

Não, este não é o início de uma nova temporada da coluna CONTO AFORA. Este é o que chamaríamos de ‘episódio especial da série’. Desta vez, a coluna traz um conto de Victor Mascarenhas. Talvez celebrando Scorsese, em sua atmosfera, ou evocando Bradbury, na tensão bem dosada e no insólito, essa história leve e triste insinua nosso desnorteio … Mais Táxi, de Victor Mascarenhas | Coluna CONTO AFORA, edição especial

O prazer pela inquietação | Entrevista para o Pop&Arte

Criação literária, memórias, rupturas, o prazer pela inquietação, mercado, realização. Minha perseguição como escritor é reacender as indagações que são inadiáveis de cada ser humano. Muito mais do que trazer respostas. Seria uma tarefa muito árdua a gente buscar respostas ou prometer respostas através da literatura, quando na verdade ela é a reafirmação dessas perguntas … Mais O prazer pela inquietação | Entrevista para o Pop&Arte

Sonhei com o poder de um trem | Réquiem para Sam Shepard

Nunca tive coragem suficiente para resenhar nenhum de seus livros. Fui audacioso para falar da obra de autores tidos até como mais geniais que ele, como Roberto Arlt, John Fante ou Tchekhov, mas quando me chegava a ideia de resenhar algum volume de contos de Sam Shepard, a ideia se esvaía junto com a coragem. … Mais Sonhei com o poder de um trem | Réquiem para Sam Shepard

Agradecimentos

Quero agradecer a todos os leitores, à minha família e amigos que compareceram ao lançamento de  Eram olhos enfeitados de Sol (Editora Penalux, 2017, novela) no dia 19, última quarta-feira, e enfeitaram mais ainda o Lebowski Pub. Agradeço também à Editora Penalux e seus editores Wilson Gorj e Tonho França não só pela bela edição, mas pelo … Mais Agradecimentos

O lançamento | Como chegar

Já sabe como chegar ao Lebowski Pub para o lançamento de  Eram olhos enfeitados de Sol (Editora Penalux, 2017, novela)? Veja no mapa logo abaixo: O lançamento acontece HOJE, quarta-feira, dia 19, a partir das 19h. Apareça! Lançamento do livro  Eram olhos enfeitados de Sol (Editora Penalux, 2017, novela), de Dênisson Padilha Filho Local: Lebowski Pub | Beer Music … Mais O lançamento | Como chegar

Pura sorte minha

Se querem fazer algo por mim, me levem de volta à velha casa, me ponham na poltrona da sala e deixem os fantasmas dançarem pra eu ver. Mas, por favor, deixem Vega fora disso, ela não pertence a esse quadro, e ter aparecido em minha vida foi só um capricho, pura sorte minha. Deixem que … Mais Pura sorte minha